Infra-Estrutura » Ventosa

Ventosa Tríplice Função

Especificações

Dimensões e Massas:

VENTOSA TRIPLICE FUNÇÃO
Abrev: VTF

As ventosas de tríplice função, constituídas por um corpo dividido em dois compartimentos (o principal e o auxiliar), cada um contendo um flutuador esférico em seu interior, tem por finalidades específicas:

- expelir o ar deslocado pela água durante o enchimento da linha (compartimento principal);
- admitir quantidade suficiente de ar, durante o esvaziamento da linha, a fim de evitar depressões e o consequente colapso da rede (compartimento principal);
- expelir o ar proveniente das bombas em operação e difuso na água, funcionando como uma ventosa simples (compartimento auxiliar).

DN Dimensões e Massas
L H Massas
PN10 PN16 PN25
mm mm kg kg kg
50 285 200 21 21 21,0
100(1) 360 315 52 52 52,5
150 480 500 86 86 87,0
200 755 565 145 146 147,0
(1) Esta ventosa pode opcionalmente ser fornecida com flange DN 75 ou DN 80

Flanges

ABNT NBR 7675 PN10/PN16/PN25 (ISO 2531 PN10/PN16/PN25)
ANSI B 16.1 - classe 125 lb
ANSI B 16.5 - classe 150 lb
AWWA C 207 classe D, classe E PN 25
Funcionamento:

Uma ventosa de tríplice função constitui-se de duas câmaras: uma com um orifício A bastante grande que permite grandes vazões de ar e trabalha com baixas pressões, a outra com um pequeno orifício B, que trabalha como uma ventosa simples realizando a eliminação do ar formado durante a operação das bombas.

VENTOSA TRIPLICE FUNÇÃO

Durante o enchimento da canalização, o volume de água cresce lentamente. O ar (a) escapa pelo orifício A com um volume equivalente à quantidade de água que entra na canalização.

VENTOSA TRIPLICE FUNÇÃO

Durante a operação das bombas, o ar (a) que se acumula na canalização é eliminado pelo orifício B, como na ventosa simples.

VENTOSA TRIPLICE FUNÇÃO

Durante o esvaziamento ou a ocorrência de uma depressão na canalização, o flutuador 1 desce sob ação do próprio peso, liberando a entrada de ar (a) pelo orifíco A.

Escolha da Ventosa de Tríplice Função

    Faixa recomendada para seleção
Imagem >
Eixo X: Vazão de água da linha, l/s

Conhecida a vazão da linha e adotado um valor para o diferencial de pressão entre o interior da ventosa e a atmosfera no momento do enchimento ou esvaziamento da canalização (geralmente adota-se 3,5 m.c.a ou 0,035 MPa), obtem-se um ponto que indicará o tamanho da ventosa a ser utilizada.

Eixo Y: Sobrepressão ou depressão na ventosa em metros de coluna d'água.

A tabela a seguir permite uma escolha simples da ventosa tríplice função, considerando o enchimento da canalização a uma velocidade de 0,5 m/s.

Canalização

Ventosa
MPa
DN < 250 VTF DN50 10, 16 e 25 bar
DN 250 a 600 VTF DN100 10, 16 e 25 bar
DN 600 a 900 VTF DN150 10, 16 e 25 bar
DN 900 a 1200 VTF DN200 10, 16 e 25 bar

Outras Informações

As ventosas de tríplice função, constituídas por um corpo dividido em dois compartimentos (o principal e o auxiliar), cada um contendo um flutuador esférico em seu interior, tem por finalidades específicas:

- expelir o ar deslocado pela água durante o enchimento da linha (compartimento principal);
- admitir quantidade suficiente de ar, durante o esvaziamento da linha, a fim de evitar depressões e o consequente colapso da rede (compartimento principal);
- expelir o ar proveniente das bombas em operação e difuso na água, funcionando como uma ventosa simples (compartimento auxiliar).

Apycom jQuery Menus